sexta-feira, 1 de setembro de 2017

A ARTE DE RECOMEÇAR... VOCÊ TAMBÉM PODE SE RE-INVENTAR E OUSAR!!!


Desde 2.012 não escrevo para o blog e senti a necessidade de recomeçar...
Talvez tenha priorizado outros projetos e "deixei" em stand by um dos mais importantes.
Mas, sempre há tempo...
Como diz; no texto da Bíblia Sagrada Eclesiastes 3
Há tempo para todas as coisas...
O blog em stand by; e outros projetos foram iniciados, alguns em seqüência outros sendo resgatados...
Alguns que aprendi na adolescência vieram a tona e foram colocados em prática: o bordado, a pintura o tricô e cozinhar...
Tudo isso; faz parte da minha essência... 
Aprendi dentro do meu lar com meus familiares, e tenho este dom. Gosto de tricotar meus próprios boleros, cachecóis e luvas; são exclusivos e mostram a minha personalidade, bom gosto e delicadeza.
Bordar cobre jarra  para compor a mesa de modo acolhedor e presentear as pessoas que amo com algo que fiz...
Pintar peças em madeira - bandejas para servir um delicioso café, um bolo de milho e sentar-se a mesa com pessoas que me levam a aprender.
Aprender novas receitas e ensinar o que aprendi; seja vendo ou lendo as receitas no caderno...
Degustar o que é preparado com AMOR.
Especial este dia UM DE SETEMBRO...
Pra mim... simbólico de uma profundidade que fala muito ao meu coração...
UM - de uno, único, unido, unidade que nos dá ideia de estabilidade, exclusividade, de força, sendo um número estável e absoluto.
SETEMBRO mês da primavera - estação do ano onde ocorre o reflorescimento da flora, belas paisagens e o desabrochar das flores.
Aqui faço uma analogia com o SER HUMANO!
Somos únicos... exclusivos... forte e absoluto!
Temos o convívio uns com os outros que nos torna unidos e nos permite a unidade nos tornando estáveis - seguros; vivendo assim; a essência do SER realmente HUMANO.
De se permitir reflorescer... 
De fazer brotar outras paisagens; nesta história que está recomeçando...
De desabrochar para este novo tempo...
... Por que é primavera...


segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Depressão Infantil



Nem sempre se trata da doença, mas do estado depressivo o que é absolutamente normal e por isso é preciso saber a diferença: A influência pode ser genética quanto ambientais.
Manter um equilíbrio nos relacionamentos interpessoais, alimentação e hábitos de vida é uma forma de prevenir a depressão em si.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Transtorno bipolar

A alternância de estados depressivos e maníacos é a tônica dessa patologia de difícil diagnóstico.
Quem sofre de transtorno bipolar vive numa montanha russa emocional.
O indivíduo sente-se bem, não vê limites para suas capacidades, cheio de ideias planos e projetos, mal consegue acabar de expressar uma ideia e já está falando de outra.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Bullying


Compreende todas as formas e atitudes agressivas, intencionais e repetidas que ocorrem sem motivação evidente, adotas por um ou mais estudantes contra outro, causando dor e angústia, executadas dentro de uma relação desigual de poder.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Atenção / Desatenção e ou TDAH


A moda do atento ou distraído esta aí circulando pelas instituições de ensino, consultórios médicos, enfim, especialistas.

Diagnosticados, ou não, tudo é déficit de atenção.

Hoje as crianças e adolescentes passam pelas instituições de ensino, quando digo "passam"  é porque estes não são olhados e cuidados, são apenas mais um, se não correspondem são deixados de lado.

Há falta de preparo das instituições de olhar para a real dificuldade do seu aluno, muitos profissionais estão preocupados com o conteúdo, mas e os alunos como ficam?

Que cidadãos estão sendo formados em nossa sociedade que diz ser... parece que um dita as regras para o outro seguir apenas. Que liberdade de expressão é esta?

Muitas crianças e adolescentes sofrem do transtorno déficit de atenção e hiperatividade. É sim um problema de saúde mental considerado como um distúrbio biodimensional que envolve atenção, hiperatividade e a impulsividade.

Como principal característica é um padrão persistente de desatenção e ou hiperatividade. A incidência de 5,8% mais em meninos do que meninas.

Crianças com TDAH:
  • apresentam níveis de atenção inapropriados para idade;
  • são impulsivas e geralmente super ativas;
  • apresentam dificuldade de seguir regras;
  • e alguns casos podem apresentar problemas de conduta.
Muitas vezes o diagnóstico diferencial não é feito e a criança toma remédio, vai para os atendimentos: psicológico, psicopedagógico e fonoaudiológico e não tem o tratamento efetivo que venha minimizar, porque o diagnóstico muitas vezes não está correto.

A criança pode apresentar uma impulsividade ou falta de atenção por questões emocionais. Se os profissionais que avaliam olharem com cuidado, esses pontos podem ser tratados com psicoterapia e obter melhores resultados.

Recebi uma criança que “tocava o terror” na escola.
Era chamado na direção, levava bilhete, enfim, cogitou-se que esse menino tivesse déficit de atenção e o encaminharam para a equipe multidisciplinar para avaliação.

Na avaliação psicoeducacional constatou-se que na verdade o menino apresentava uma desatenção de fundo emocional.

Ele usava da força, brigava com os colegas, se comportava como uma criança opositiva desafiadora. Rechaçava pai e mãe e toda figura de autoridade.

Esse menino só queria ganhar, não conseguia lidar com as perdas.

Então começou a entrar nessa frustração, começou a aceitar e reconhecer sua dificuldade, dando assim outro sentido para sua vida.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Ser Intenso


Cada um de nós nasce com um propósito. Deus já nos coloca filho de um pai e uma mãe os quais escolhem o nosso nome.
O nome, a cada um de nós concebido, é que nos faz conhecidos, porque é o que nos caracteriza, é a nossa identidade, é o que diferencia EU do TU.
Através da concepção deste filho(a) o pai e a mãe, que também tem um NOME escolhido pelos seus pais, é que nos ensinam a SER uma pessoa integra, honesta, responsável e valorosa para a família e também para as pessoas as quais se relacionam.
Este jeito próprio de cada um SER é que nos faz indivíduo, PESSOA com as suas qualidades, defeitos e valores que foram internalizados e experienciados e que nos permite SER indivíduo inteiro com características pessoais, interagindo com o OUTRO; que é o coletivo, nos permitindo crescer e alçar voos estruturantes para fazer a diferença.
Diferença esta porque conhecemos a Palavra. Sabemos de onde viemos e quem somos.
É voar sem medo de errar, é buscar o equilíbrio para poder viver intensamente.

terça-feira, 15 de março de 2011

Dor Emocional - Morte e Vida


Enquanto seres humanos é necessário deixarmos morrer algumas coisas para que outras possam viver.

Quando perde-se um ente querido sentimo-nos sozinhos no vazio. Esta dor, que dói no peito, diante da perda de uma pessoa especial que fez parte da nossa vida; pessoas que nos ensinam, nos fazem amadurecer; que compartilharam momentos da nossa vida.

A dor da perda precisa ser vivida, este período do luto da perda é importante para podermos seguir o nosso caminho. Quando ignoramos os nossos sentimentos a nossa psique registra (pensamentos).